Às vezes

Às vezes
frequentemente às vezes
quero um reino
que não existe
senão debaixo da minha pele.
E saio em busca desse reino
enfiando-me nos mares
dobrando cabos e tormentas
predendo-me nas rotas
de um cone sombreado.
Ainda que amarrada ao mastro
da nau tão incompleta
que capitaneio
quero ouvir sereias
e sinais de aves.
Mas debaixo desse mar
negro e profundo
um outro reino espreita
e me põe medo.

Neide Archanjo

Anúncios
Published in: on 04/09/2009 at 20:22  Comments (1)  

The URI to TrackBack this entry is: https://poemadodia.wordpress.com/2009/09/04/as-vezes/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. Bonito!!!!
    bjs, bjs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s