Companheiro de viagem

Em algum canto da sua mala
Deve haver uma palavra que não foi dita,
um gesto de carinho que não foi dado.
Em algum canto da sua mala
Deve haver uma lágrima perdida,
um soluço cortado, uma saudade danada.
Em algum canto da sua mala
Deve haver um sonho desfeito,
um nó no peito e um desejo acabado.
Em algum canto da sua mala
Deve haver batendo iludido, gemendo sofrido,
Um coração despedaçado.

Pedro Luiz Cipolla

Published in: on 21/07/2009 at 10:04  Comments (2)  

The URI to TrackBack this entry is: https://poemadodia.wordpress.com/2009/07/21/companheiro-de-viagem/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Em cada mala um coração e vice-versa

  2. vice-versa?
    ‘e em cada coração um mala’??? kkkkkkkkkkkkkkk
    ai ai
    .
    .
    .
    desculpe o humor retardado, é a hora…
    ainda assim, quem dera fosse apenas 1 né…


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s