Aos seus olhinhos tão queridos,
Compus esplêndida quadrinha;
À sua boquinha tão querida,
Compus magnífica trovinha;
À sua carinha tão querida,
Compus notável cançãozinha.
Assim que tiver um coração, prometo
Compor, inteirinho, um bonito soneto.

Heinrich Heine
(tradução de Décio Pignatari)

Published in: on 15/05/2009 at 21:05  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://poemadodia.wordpress.com/2009/05/15/202/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s